Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2009-03-20

20 de março ― Resumo de Notícias da América Central e do Caribe

María Maeda

20 de março ― Resumo de Notícias da América Central e do Caribe

TAMANHO DO TEXTO

SAN SALVADOR, El Salvador ― EUA oferecem apoio ao governo de Funes: Três dias após a vitória histórica da Frente Farabundo Martí para a Liberação Nacional (FMLN) nas eleições presidenciais de 15 de março, o chefe americano da Diplomacia para a América Latina, Thomas Shannon, reuniu-se com o presidente eleito Mauricio Funes para oferecer o apoio dos EUA ao futuro governo. Shannon acrescentou que o seu país está disposto a trabalhar com o presidente eleito, com o seu partido e com o novo governo como um parceiro de boa fé. O diplomata americano também se encontrou com o presidente de El Salvador, Elías Antonio Saca.

[UPI, EFE]

SAN JOSÉ, Costa Rica ― Promotoria Pública investiga ministro costarriquenho por corrupção: A Promotoria Pública está realizando uma investigação profunda em duas empresas ligadas a Daniel Gallardo, que até a sua recente renúncia era presidente da Comissão Nacional de Emergência (CNE) da Costa Rica. As empresas assinaram contratos com o governo totalizando 3,692 bilhões de colones (US$ 6,5 milhões). Gallardo atribuiu a sua renúncia a problemas pessoais e de saúde e garantiu que não esteve envolvido na assinatura dos contratos.

[EcoDiario, Al Día]

SAN JUAN, Porto Rico ― Economia porto-riquenha tem previsão de crescimento: Porto Rico poderá ter um crescimento econômico de 2,1% neste exercício fiscal, em comparação com 2008, por causa da injeção dos US$ 5,5 milhões que receberá em poucos meses por meio de pacotes de estímulo federais e nacionais. Essa projeção contrasta com a apresentada pela Junta de Planejamento (JP), que prevê que a economia da ilha sofrerá uma contração de 2%. Contudo, a junta explicou que as suas previsões não levaram em conta os recursos mencionados.

[Primera Hora, AP]

CIDADE DO MÉXICO, México ― Banqueiros mexicanos estão otimistas com situação econômica: Enrique Castillo, presidente da Associação de Bancos do México (ABM), relatou que os banqueiros mexicanos estão moderadamente otimistas sobre a economia por causa da recuperação da moeda contra o dólar, o que sugere uma melhora do panorama financeiro. Conforme Castillo, as medidas de apoio ao sistema financeiro adotadas por instituições internacionais, juntamente com o resgate dos principais bancos de países desenvolvidos, levarão a uma tendência de alta no país em médio prazo.

[EFE, El Universal]

CIDADE DO PANAMÁ, Panamá ― Tribunal Eleitoral acaba com imunidade de candidatos presidenciais: O Tribunal Eleitoral (TE) acabou com a imunidade processual dos dois candidatos presidenciais mais populares para que se possa investigar se eles receberam dinheiro do suposto fraudador colombiano David Murcia. Além de lavagem de dinheiro, Murcia também é acusado na Colômbia de aquisição ilegal de fundos públicos por meio de uma empresa pirâmide. Balbina Herrera, candidata presidencial pelo Partido Revolucionário Democrático (PRD), da situação, e Ricardo Martinelli, candidato da oposição que lidera as pesquisas, perderam a imunidade processual que lhes havia sido concedida como parte dos privilégios eleitorais. O porta-voz do TE, Humberto Castillo, disse que a situação não afeta de nenhuma outra maneira as campanhas dos candidatos para as eleições de 3 de maio.

[EFE, AP, La Prensa]

Você gostou desta reportagem?

0Rating_no

Incluir seu comentário

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados