Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2009-10-02

2 de outubro — Resumo das notícias da América Central e do Caribe

Winston F. Burges

2 de outubro — Resumo das notícias da América Central e do Caribe

TAMANHO DO TEXTO

CIDADE DO MÉXICO, México — Narcotráfico rende o dobro das remessas de mexicanos no exterior: David Robillard, presidente da Kroll, uma das empresas privadas de segurança e inteligência mais importantes do mundo, disse que o poder corruptor dos cartéis de drogas em território mexicano é enorme. O especialista ressaltou que a forte presença dos traficantes de drogas no país permite gerar aproximadamente US$ 40 bilhões por ano. O valor representa o dobro do montante que entra no país através de remessas feitas por mexicanos que vivem no exterior. Segundo o Banco Mundial, essas remessas chegam a US$ 21 bilhões.

[El Universal, La Jornada]

SAN SALVADOR, El Salvador — Governo exige a aprovação do orçamento de 2010: O presidente salvadorenho Mauricio Funes solicitou à Assembleia Legislativa que aprove sem chantagens o valor de US$ 3,64 bilhões para o orçamento nacional de 2010. Funes, que assumiu a presidência salvadorenha em junho e tem alta aprovação popular, qualificou o orçamento como realista e disse que a maior parte se destinará a educação, saúde e justiça. O governo já dispõe de US$ 277 milhões que o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) emprestaram para financiar o gasto corrente.

[Infolatam, La Prensa Gráfica]

CIDADE DA GUATEMALA, Guatemala — Renda per capita sofre queda: Caso se confirmem as estimativas do Banco da Guatemala (Banguat) de que o país crescerá apenas somente de 0,4% a 1,2% em 2009, a renda per cápita real dos guatemaltecos poderá cair 4,6%, ficando em US$ 131,60. Esse seria a primeira baixa registrada desde 1999, quando a renda caiu para US$ 125 em função de uma ligeira redução do comércio global, que acabou afetando a América Central. Mesmo assim, o órgão espera que a renda per capita se recupere em 2010.

[Infolatam, El Periódico]

CIDADE DO PANAMÁ, Panamá — Gore pede que Panamá combata mudanças climáticas: Em visita ao Panamá, Al Gore apresentou a conferência Uma verdade inconveniente, baseada no seu premiado documentário sobre os efeitos das mudanças climáticas. O ex-vice-presidente dos EUA e prêmio Nobel da Paz pediu que o Panamá se unisse à luta global para proteger o meio ambiente, com planos para preservar a sua biodiversidade e os seus solos. Depois, Gore foi recebido pelo presidente Ricardo Martinelli, que lhe entregou as chaves da capital do país em retribuição à sua visita.

[PA-Digital, La Estrella]

Você gostou desta reportagem?

0

Incluir seu comentário

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados