Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2010-12-29

Nicarágua: Cocaína achada entre brinquedos e doces

Por Ezra Fieser e Olga Vélez para Infosurhoy.com—29/12/2010

Guatemala: 22 supostos narcotraficantes presos.

TAMANHO DO TEXTO
Polícia exibe pacotes dos 334 kg de cocaína que estavam escondidos entre caixas de doces e brinquedos em um veículo entrando na Nicarágua proveniente da Costa Rica em 24 de dezembro. (Inti Ocon/Reuters)

Polícia exibe pacotes dos 334 kg de cocaína que estavam escondidos entre caixas de doces e brinquedos em um veículo entrando na Nicarágua proveniente da Costa Rica em 24 de dezembro. (Inti Ocon/Reuters)

MANÁGUA, Nicarágua – A polícia apreendeu 334 kg de cocaína que chegaram ao país da Costa Rica escondidos em caixas de doces e sacos de brinquedos, informaram as autoridades.

A apreensão aconteceu em Peñas Blancas, no sul da Nicarágua, próximo à divisa com a Costa Rica, em 24 de dezembro, informou a porta-voz da Polícia Nacional, Vilma Reyes, segundo a agência EFE.

A cocaína, descoberta dentro de 50 caixas de doces e 250 sacos de brinquedos, estava sendo transportada em um caminhão supostamente registrado em nome de Jimmy Gumercindo Almendarez, de Manágua.

O suposto motorista do caminhão, identificado como Gregorio Antonio López, fugiu quando a polícia começou a revistar a carga, informaram as autoridades, ainda segundo a EFE.

Guatemala: 22 supostos narcotraficantes presos

CIDADE DA GUATEMALA – Policiais prenderam 22 supostos narcotraficantes e confiscaram armas automáticas e aeronaves de pequeno porte durante operações contra cartéis mexicanos que usam o país da América Central como base para as suas atividades criminosas.

“Esses indivíduos não estavam se preparando apenas para enfrentar as forças de segurança, mas para tomar o controle do país”, disse o presidente da Guatemala, Álvaro Colom, em uma entrevista coletiva na semana passada, depois de enviar centenas de soldados e policiais ao estado de Alta Verapaz para dizimar o cartel.

O cartel Los Zetas, um dos maiores traficantes de narcóticos nas Américas, marca presença em 75% da Guatemala, disseram autoridades de segurança, segundo a agência Reuters.

O governo está combatendo o Los Zetas permitindo que a polícia prenda e interrogue supostos criminosos sem mandado. Desde que Colom declarou “estado de sítio” em Alta Verapaz, policiais já confiscaram 239 armas de fogo, explosivos, 28 veículos e cinco pequenas aeronaves, também segundo a Reuters.

Colom disse que seu país não possui policiais ou militares em número suficiente para expandir as operações aos departamentos vizinhos, mas pretende aumentar o efetivo do Exército de 17.000 para 20.000 soldados em 2011.

Colômbia: Número de crianças transportando narcóticos aumenta

BOGOTÁ, Colômbia – O número de menores sendo usados para transportar pequenas quantidades de narcóticos aumentou 18% esse ano comparado a 2009, de acordo com a Polícia Nacional.

A Polícia Nacional informou que 7.682 menores foram presos até 5 de dezembro desse ano sob acusação de transportar narcóticos. Em 2009 foram 6.509 menores presos.

O coronel Fabio Castañeda, chefe da divisão de polícia no departamento de Cundinamarca, afirmou que é comum ver crianças atravessando o rio Magdalena a nado para levar drogas ao outro lado em troca de até 15.000 pesos (cerca de R$ 13).

A senadora Gilma Jiménez, uma defensora dos direitos das crianças, disse que os narcotraficantes recrutam crianças porque o Sistema de Responsabilidade Penal para Adolescentes, criado em 2006, não estabeleceu nenhuma punição para menores envolvidos no narcotráfico.

Colômbia: Preso suposto chefão regional do Los Urabeños

BOGOTÁ, Colômbia – O suposto chefão regional da gangue de narcóticos Los Urabeños foi capturado, segundo a agência Army News.

O indivíduo, conhecido apenas pelo vulgo de “El Enano” (O Anão), foi levado sob custódia em 26 de dezembro no município de Tiquisio, no departamento de Bolívar, no norte do país.

Ele foi levado a Cartagena, capital de Bolívar, onde será julgado por homicídio, extorsão e narcóticos, segundo o Exército.

O Los Urabeños, que, segundo autoridades, possui cerca de 700 integrantes, está presente na maioria dos departamentos ao longo da costa caribenha, incluindo o departamento de Antioquia, onde fica Medellín.

Venezuela: Prisão de suspeitos de crimes relacionados a drogas aumenta

CARACAS, Venezuela – O número de suspeitos presos em conexão com crimes relacionados a drogas aumentou substancialmente na nação andina esse ano, segundo a Agência Nacional Antidrogas.

As autoridades informaram que 12.376 suspeitos foram detidos de janeiro a meados de dezembro desse ano. No ano passado, 8.741 suspeitos foram levados sob custódia.

O governo declarou que as prisões mostram que a Venezuela intensificou sua luta contra o narcotráfico, pois o país é frequentemente usado como base do contrabando de drogas para os Estados Unidos e Europa.

O governo disse que 17 dos suspeitos presos esse ano foram classificados como traficantes importantes, incluindo o suposto líder do cartel Norte del Valle, com sede na Colômbia, que foi extraditado para os Estados Unidos em setembro.

As autoridades não divulgaram o número de suspeitos julgados ou condenados, mas informaram que a Agência Nacional Antidrogas confiscou 27,1 toneladas de cocaína de janeiro a meados de dezembro desse ano. No ano passado, a agência apreendeu 30,5 toneladas de cocaína.

Guatemala: Supostos integrantes do Los Zetas ameaçam atacar

CIDADE DA GUATEMALA – Integrantes do cartel Los Zetas, sediado no México, advertiram o governo da Guatemala que atacarão civis se o estado de sítio for mantido no estado de Alta Verapaz, no norte do país.

Repórteres de emissoras de rádio em Alta Verapaz confirmaram em 28 de dezembro que receberam mensagens de texto com ameaças de possíveis ataques em shoppings centers e outros locais públicos se as forças de segurança do país não desistirem de combater o narcotráfico na área.

Nery Morales, porta-voz do Ministério do Interior, disse que as autoridades estão procurando os responsáveis pelas ameaças e que o estado de sítio em Alta Verapaz continuará, segundo a EFE.

O presidente Álvaro Colom ordenou o estado de sítio de 30 dias em 19 de dezembro com a intenção de livrar completamente o departamento do Los Zetas.

O Los Zetas está usando Alta Verapaz como base na América Central para traficar cocaína da América do Sul para os Estados Unidos.

Você gostou desta reportagem?

0Rating_no

Incluir seu comentário

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados