Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2011-01-05

Colômbia: Apreendida 1,5 tonelada de cocaína

Por Ezra Fieser para Infosurhoy.com—05/01/2011

Guatemala: Los Zetas tem base em Alta Verapaz, segundo autoridades.

TAMANHO DO TEXTO
A polícia antidrogas colombiana exibe ao menos 6,2 toneladas de cocaína que pertenceriam ao suposto narcotraficante Daniel Barrera. (Polícia/Reuters)

A polícia antidrogas colombiana exibe ao menos 6,2 toneladas de cocaína que pertenceriam ao suposto narcotraficante Daniel Barrera. (Polícia/Reuters)

BOGOTÁ, Colômbia – A bem-sucedida luta do presidente Juan Manuel Santos contra os narcóticos continuou em 3 de janeiro, quando a polícia antidrogas apreendeu 1,5 tonelada de cocaína escondida em contêineres que seguiam para os Estados Unidos provenientes da cidade de Cartagena.

“[A cocaína] deixaria as [docas] para Honduras, passando pela República Dominicana e seguindo para os Estados Unidos”, informou o general Óscar Naranjo, chefe da polícia colombiana, segundo a agência EFE.

Naranjo disse que ninguém foi preso, mas o narcótico, avaliado em US$ 45 milhões (R$ 75 milhões), supostamente pertence ao Los Urabeños, uma gangue conhecida por traficar drogas ao longo da costa caribenha.

A cocaína estava dividida em 735 pacotes de cerca de 2 kg cada.

A apreensão acontece menos de uma semana depois que a polícia confiscou ao menos 6,2 toneladas de cocaína em Buenaventura, que pertenceriam ao suposto narcotraficante Daniel Barrera, o “Loco Barrera”.

Guatemala: Los Zetas tem base em Alta Verapaz, segundo autoridades.

CIDADE DA GUATEMALA – O cartel de drogas mexicano Los Zetas montou um centro de operações no departamento Alta Verapaz, que se encontra sob estado de sítio do governo há duas semanas, afirmou o ministro do Interior, Carlos Menocal.

Menocal disse que a batalha do governo contra o cartel está avançando, acrescentando que as autoridades confiscaram aeronaves, veículos, armas e US$ 40.000 (R$ 67.000) em dinheiro, além de capturar mais de 20 supostos narcotraficantes.

“Isso é só o começo”, disse ele, segundo a The Associated Press. “O [Los Zetas] tinha sua base, seu esconderijo, seu centro de operações em Alta Verapaz.”

O cartel Los Zetas, um dos maiores narcotraficantes das Américas, marca presença em 75% da Guatemala, disseram autoridades de segurança, segundo a agência Reuters.

O governo está combatendo o Los Zetas, permitindo que a polícia prenda e interrogue supostos criminosos sem mandado.

O presidente Álvaro Colom disse que seu país não possui policiais ou militares em número suficiente para expandir as operações aos departamentos vizinhos, mas pretende aumentar o efetivo do Exército de 17.000 para 20.000 soldados em 2011.

Colômbia: Presos 7 supostos integrantes da gangue Don Mario

BOGOTÁ, Colômbia – Sete supostos integrantes de uma gangue de narcotráfico foram presos em uma operação conjunta entre o Exército e a Procuradoria-Geral na capital do país, informou Ana Margarita Durán, chefe da unidade de narcóticos do Gabinete da Procuradoria-Geral.

Os suspeitos, que foram capturados em operações nos departamentos de Antioquia e Córdoba, pertenceriam à gangue Águilas Gaitanistas, que era liderada por Daniel Rendón Herrera, na prisão desde 2009.

Um dos presos foi identificado como Luis Eduardo Varga, vulgo "Pipón", suposto líder da gangue e suspeito de envolvimento em centenas de crimes cometidos na região, informaram as autoridades.

Ana disse que as prisões foram um duro golpe contra a gangue, que está prestes a ser desarticulada, segundo a EFE.

Chile: Oito capturados em operação antidrogas

CALAMA, Chile – Oito suspeitos foram presos em conexão com a venda e transporte de narcóticos na cidade de Calama, no norte do Chile, informaram as autoridades.

Os policiais confiscaram US$ 12 milhões (R$ 20 milhões) em dinheiro, que podem ser oriundos das supostas atividades criminosas dos presos, 48 kg de crack, 10 kg de maconha e dois veículos.

A investigação começou em 27 de dezembro de 2010, quando a polícia encontrou 58 pacotes de drogas no bagageiro de um ônibus que ia de Calama para a cidade vizinha de Antofagasta, informaram as autoridades, segundo o diário chileno El Mercurio.

O cartel La Familia pediu trégua de um mês?

MORELIA, México – Os promotores do estado de Michoacán, no oeste do país, estão investigando a autenticidade de uma carta supostamente escrita pelo cartel de drogas La Familia, na qual a gangue pede um mês de trégua, informaram as autoridades.

O cartel teria dito na carta de uma página, que circulou pela região via e-mail e foi também distribuída de porta em porta, que não cometerá nenhum crime em janeiro para mostrar que "não é responsável pelos atos criminosos que as autoridades federais estão informando à mídia.”

A carta vem depois das declarações do governo de que a força do cartel diminuiu com a onda de recentes prisões e mortes de seus integrantes importantes.

Em novembro, o La Familia teria escrito uma carta dizendo que se desmantelaria se o governo conseguisse proteger os moradores das outras organizações criminosas, mas nada foi provado.

Em dezembro, supostos integrantes do La Familia incendiaram veículos e os usaram para bloquear todas as avenidas na capital do estado de Morelia em resposta à morte de Nazario Moreno González, suposto líder da gangue, pela Polícia Federal.

As autoridades disseram que o cartel provocou uma onda de violência no estado durante anos, sendo responsável por sequestros, extorsões, assassinatos e narcotráfico.

O presidente mexicano, Felipe Calderón, disse em 2 de janeiro que o combate ao crime organizado continua, sendo prioridade máxima na sua administração.

“Todos nós sabemos que é preciso livrar o México do crime, da impunidade e da corrupção”, declarou ele, segundo a The Associated Press. “Posso assegurar a todos que estamos no caminho certo e derrotaremos os criminosos para que possamos, finalmente, construir um México de paz.”

Você gostou desta reportagem?

1

Incluir seu comentário

1 Comentário

  1. mirian 01/06/2011

    veja o que as poliçias da columbia tem feito para o combate as drogas...!!!

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados