Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2011-06-03

México em busca da segunda Copa Ouro consecutiva

Por Dave Carey para Infosurhoy.com—03/06/2011

El Tri e Estados Unidos encabeçam torneio de 12 times.

TAMANHO DO TEXTO
O México contará com Javier Hernández na briga pelo seu segundo título consecutivo da Copa Ouro. (Darren Staples/Reuters)

O México contará com Javier Hernández na briga pelo seu segundo título consecutivo da Copa Ouro. (Darren Staples/Reuters)

WASHINGTON, D.C., EUA – O México já se firmou como o número um da CONCACAF – mas agora, vai ter que encontrar um jeito de garantir sua posição.

O El Tri ganhou sua quinta Copa Ouro em 2009, recebendo o troféu em East Rutherford, estado de Nova Jérsei, EUA, após a convincente vitória por 5x0 sobre os anfitriões, uma das mais arrasadoras de todos os tempos sobre o rival. No embalo do título, o México chegou às oitavas de final na Copa do Mundo da África do Sul, igualando o feito dos americanos, em julho último.

A seleção mexicana terá agora a chance de somar mais um troféu à sua coleção e não deixar dúvidas quanto a seu lugar no topo da hierarquia da confederação. O torneio, que conta com 12 times distribuídos em três grupos, começa em 5 de junho e atravessa o território americano, com a final marcada para 25 de junho em Pasadena, estado da Califórnia, no estádio Rose Bowl.

O vencedor estará automaticamente classificado para a Copa das Confederações de 2013 no Brasil, que serve de preparativo para a Copa do Mundo no ano seguinte.

Grupo A

México: O El Tri busca seu sexto título da Copa Ouro. O novo técnico, José Manuel de la Torre, vai usar Javier “Chicharito” Hernández, o craque atacante do Manchester United, para impulsionar o ataque incansável do time para avançar em campo. Hernández marcou 20 gols pelo Manchester United nesta temporada.

El Salvador: Os Cuscatlecos participaram da Copa Ouro sete vezes mas nunca passaram das quartas de final, incluindo as derrotas de 2002 e 2003. O técnico Rubén Israel só assumiu o cargo em abril, mas tem grandes expectativas em relação ao time.

Costa Rica: Os Ticos são talvez o terceiro melhor time em campo, atrás do México e dos Estados Unidos. A Costa Rica chegou à final em 2002, perdendo para os Estados Unidos, e às semifinais de 2009, quando perdeu nos pênaltis para o eventual campeão, México. A Costa Rica é liderada pelos atacantes Álvaro Saborío e Bryan Ruiz.

Cuba: O defensivo time dos Leões caribenhos se classificou para a Copa Ouro ao terminar em terceiro lugar na Copa do Caribe. Cuba perdeu apenas um de oito jogos – uma derrota por 2x1 para Guadalupe – e segurou cinco empates durante o campeonato. Sua seleção já obteve um certo sucesso na Copa Ouro, chegando às quartas de final em 2003.

Grupo B

Guatemala: Os Chapines são a grande zebra da competição, após o fracasso na classificação para o evento de 2009. Mas a Guatemala, que nunca passou do quarto lugar, pode se sair melhor que o esperado. Carlos Ruiz, que joga no Philadelphia Union, da Liga Americana de Futebol, anunciou sua aposentadoria do cenário internacional em 2009, mas representará seu país na competição, provavelmente pela última vez. Ele marcou 42 gols em 87 partidas internacionais e é considerado um dos maiores artilheiros da confederação.

Honduras: Os Catrachos chegaram à final em 1991 e às semifinais em 2009, e são os vencedores da Copa Centro-americana. Mas não se sabe ao certo quão competitiva será Honduras ao deixar a jovem promessa do meio de campo, Andy Najar, de fora da escalação, depois de levar 8 gols e marcar apenas 1 em seus últimos três amistosos. Honduras, entretanto, está de volta, depois de sua primeira participação em Copas do Mundo desde 1982.

Jamaica: Dá para não gostar de uma seleção chamada de “Garotos do Reggae”? A Jamaica pode vir a ser a maior surpresa do torneio, pois a escalação dos campeões da Copa do Caribe conta com 11 jogadores da Liga Americana de Futebol (MLS). A melhor participação da Jamaica na Copa Ouro foi um terceiro lugar em 1993. O time chegou às quartas de final em 2003 e 2005, mas o técnico Theodore Whitmore pode levar o time mais longe em meio a grupo medíocre.

Granada: Os “Garotos Apimentados”, que representam o menor país a se classificar para a Copa Ouro, têm um “quê” britânico, pois nove de seus 23 integrantes jogam no futebol profissional inglês. A seleção granadina conta com três jogadores do Queen Park’s Rangers: o zagueiro Benedict Modeste e os meio-campistas Ricky Charles e Patrick Modeste.

Grupo C

Canadá: Único país, além de Estados Unidos e México, a vencer o torneio, o Canadá ergueu a taça da Copa Ouro em 2000. Mais de uma década depois, os Maple Leafs devem desafiar os Estados Unidos, já que passaram da fase de grupos nas duas últimas edições do evento. Desde meados do ano passado, o Canadá acumula vitórias em seus amistosos internacionais, derrotando Honduras e Belarus, mas perdeu para Peru e Grécia, que disputaram a Copa do Mundo do ano passado.

Guadalupe: Os Garotos Gwada participam da Copa Ouro pela terceira vez consecutiva, depois de chegarem às semifinais em 2007. Os finalistas da Copa do Caribe são sempre perigosos no torneio, que é o principal do país no futebol internacional. Por ser um departamento ultramarino da França, Guadalupe não é reconhecido pela FIFA, o que o torna inelegível para se classificar para a Copa do Mundo.

Panamá: Os Canaleros chegaram à fase eliminatória nas últimas três Copas Ouro, inclusive chegando à final em 2005, quando perderam na disputa de pênaltis para os americanos. O Panamá perdeu para os EUA nas quartas de final nos dois últimos torneios, tendo se classificado para a Copa Ouro ao terminar em terceiro lugar na Copa Centro-americana.

Estados Unidos: Os anfitriões Ianques sempre chegaram às quartas de final na Copa Ouro e foram eliminados nas oitavas de final na Copa do Mundo, ao perderem para Gana. Os americanos perderam a final da Copa Ouro de 2009 para o México em um jogo em que os EUA escalaram um time composto em sua maioria por reservas e veteranos, depois dos jogos da Copa das Confederações na África do Sul anteriormente naquele mesmo ano.

Programação da Copa Ouro da CONCACAF

Grupo A: México, Costa Rica, El Salvador, Cuba

Grupo B: Honduras, Guatemala, Jamaica, Granada

Grupo C: EUA, Canadá, Panamá, Guadalupe

Primeira Rodada

5 de junho – Estádio Cowboys (Arlington, Texas)

Costa Rica x Cuba, 18h (horário do leste dos EUA)

México x El Salvador, 20h (horário do leste dos EUA)

6 de junho – The Home Depot Center (Carson, Califórnia)

Jamaica x Granada, 21h (horário do leste dos EUA)

Honduras x Guatemala, 23h (horário do leste dos EUA)

7 de junho – Ford Field (Detroit, Michigan)

Panamá x Guadalupe, 18h (horário do leste dos EUA)

EUA x Canadá, 20h (horário do leste dos EUA)

9 de junho – Estádio Bank of America (Charlotte, Carolina do Norte)

Costa Rica x El Salvador, 19h (horário do leste dos EUA)

Cuba x México, 21h (horário do leste dos EUA)

10 de junho – Estádio FIU (Miami, Flórida)

Jamaica x Guatemala, 19h (horário do leste dos EUA)

Granada x Honduras, 21h (horário do leste dos EUA)

11 de junho – Estádio Raymond James (Tampa, Flórida)

Canadá x Guadalupe, 18h (horário do leste dos EUA)

EUA x Panamá, 20h (horário do leste dos EUA)

12 de junho – Soldier Field (Chicago, Illinois)

El Salvador x Cuba, 18h (horário do leste dos EUA)

México x Costa Rica, 20h (horário do leste dos EUA)

13 de junho – Red Bull Arena (Harrison, Nova Jérsei)

Guatemala x Granada, 19h (horário do leste dos EUA)

Honduras x Jamaica, 21h (horário do leste dos EUA)

14 de junho – Sporting Park (Kansas City, Kansas)

Canadá x Panamá, 19h (horário do leste dos EUA)

Guadalupe x EUA, 21h (horário do leste dos EUA)

Quartas de Final 18 de junho – Estádio New Meadowlands (East Rutherford, Nova Jérsei)

2º Colocado do Grupo A x 2º Colocado do Grupo B, a ser determinado (x)

1º Colocado do Grupo A x 3º Colocado do Grupo B/C, a ser determinado (x)

x – partidas programadas para 17h e 20h (horário leste dos EUA) com ordem a ser determinada

19 de junho – Estádio Memorial Robert F. Kennedy (Washington, D.C.)

1º Colocado do Grupo B x 2º Colocado do Grupo C, a ser determinado (y)

1º Colocado do Grupo C x 3º Colocado do Grupo A/B, a ser determinado (y)

y – partidas programadas para 15h e 18h (horário leste dos EUA) com ordem a ser determinada

Semifinais

22 de junho – Estádio Reliant (Houston, Texas)

x – vencedores das quartas de final, a ser determinado (z)

y – vencedores das quartas de final, a ser determinado (z)

z – partidas programadas para 19h e 22h (horário de verão do leste dos EUA) com ordem a ser determinada

Final

25 de junho – Rose Bowl (Pasadena, Califórnia)

Vencedores da semifinais, 21h (horário do leste dos EUA)

Você gostou desta reportagem?

0

Incluir seu comentário

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados