Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2012-08-10

Londres 2012: Pódio jamaicano nos 200 m rasos

Por Dave Carey para Infosurhoy.com – 10/08/2012

Usain Bolt, Yohan Blake e Warren Weir ficaram com ouro, prata e bronze.

TAMANHO DO TEXTO
O jamaicano Warren Weir (esquerda), vencedor do bronze nos 200 m rasos, posa com os compatriotas Usain Bolt (centro), que ficou com o ouro, e Yohan Blake, que levou a prata, em 9 de agosto. (Stefano Rellandini/Reuters)

O jamaicano Warren Weir (esquerda), vencedor do bronze nos 200 m rasos, posa com os compatriotas Usain Bolt (centro), que ficou com o ouro, e Yohan Blake, que levou a prata, em 9 de agosto. (Stefano Rellandini/Reuters)

LONDRES – Vencer a prova dos 200 m rasos masculino foi fácil para a Jamaica – que não só ficou com o ouro, como também com a prata e o bronze.

Usain Bolt, Yohan Blake e Warren Weir viram a bandeira do país voar alto e ouviram o hino nacional do país ao ocupar os três lugares do pódio na nobre prova do atletismo.

Bolt, que já havia ganhado o ouro nos 100 m rasos e o título de “homem mais rápido do mundo”, passeou na prova, garantindo a vitória com o tempo de 19,32 segundos, seguido de perto por Blake (19,44) e Weir (19,84).

“Isso foi para todos os que duvidaram de mim, todas as pessoas que falavam que eu não iria ganhar e que seria derrotado”, afirmou Bolt, levando o dedo indicador aos lábios ao terminar a prova.

“Foi para dizer a eles: podem parar de falar porque eu sou uma lenda.” A Jamaica tornou-se o primeiro país, além dos Estados Unidos, a vencer a prova dos 200 m rasos masculinos e Bolt, 25 anos, é o primeiro velocista a ganhar o ouro nos 100 m e 200 m rasos em duas Olimpíadas consecutivas.

Naturalmente, isso leva Bolt a ser comparado aos grandes atletas da história do esporte, como Jesse Owens, que ganhou quatro medalhas de ouro nos Jogos de Berlim, em 1936.

“Jesse Owens, tenho muito respeito [por ele]”, disse Bolt aos jornalistas. “Ele é um grande atleta e fez grandes coisas por seu país. Ele realmente pressionou os atletas a fazerem o seu melhor.”

No entanto, todo mundo está falando de Bolt – e por que não deveriam? Ele ganhou sete dos oito principais títulos dos 100 m e 200 m rasos em Olimpíadas e campeonatos mundiais anteriores.

A única prova que Bolt não ganhou foi a final dos 100 m rasos no campeonato mundial do ano passado, quando foi desclassificado depois de queimar a largada. Blake, 22 anos, que venceu a prova, ficou com a prata nos 100 m e 200 m rasos e começa a incomodar o compatriota. Sua vez de ocupar o principal lugar no pódio pode estar próxima.

“Com certeza, ele é uma lenda. Ele me motivou muito”, afirmou Blake. “É a era dele. Logo, será a minha.”

Você gostou desta reportagem?

2

Incluir seu comentário

1 Comentário

  1. sami 08/11/2012

    muito boa informação

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados