Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2009-05-13

13 de maio — Resumo das notícias da América Central e do Caribe

Karla Montaner

13 de maio — Resumo das notícias da América Central e do Caribe

TAMANHO DO TEXTO

SAN JOSÉ, Costa Rica — Partido Aliança Patriótica nomeia líder: Mariano Figueres, filho do ex-líder do Partido da Liberação Nacional (PLN) José Figueres Ferrer, é o novo presidente do comitê executivo da Aliança Patriótica (AP), partido político que participará das eleições de 2010 na Costa Rica. A AP ainda não anunciou quem será o candidato presidencial, mas Figueres declarou à imprensa local que o partido, criado em 2008, estará devidamente registrado no Tribunal Superior Eleitoral da Costa Rica já nas próximas semanas.

[EFE, La Nación]

CIDADE DO PANAMÁ, Panamá — Governo fecha escolas com casos de gripe A (H1N1): Duas escolas privadas da capital do Panamá, uma escola pública na região oeste do país e outra em Penonomé foram fechadas após a confirmação de casos da gripe A (H1N1). A vice-ministra da Educação, Mirna de Crespo, disse que, se as escolas fechadas cumprirem com medidas de biossegurança, como a disponibilidade de água potável, o fechamento para trabalhos de limpeza não durará mais de três dias. Até agora 29 pessoas já foram infectadas com o vírus da nova gripe H1N1 no país. A doença afeta principalmente crianças entre sete e 12 anos.

[La Prensa, Reuters]

CIDADE DO MÉXICO, México — Pequenas e médias empresas recebem crédito emergente: Para atenuar os danos provocados às micro, pequenas e médias empresas com a baixa atividade econômica causada pela gripe A, a Secretaria Federal de Fazenda e Crédito Público (SHCP) criou o Programa de Apoio Emergente, avaliado em US$ 1,14 bilhão. Restaurantes, hotéis e outras empresas dos setores de turismo e de produtos suínos poderão pedir empréstimos ao banco comercial e de desenvolvimento mexicano. Haverá um mínimo de burocracia e não será necessário apresentar garantias reais para contar com maior liquidez e enfrentar a situação de risco.

[EFE, El Universal, Reforma]

SAN SALVADOR, El Salvador — FMLN planeja reforma ministerial: Dirigentes do partido Frente Farabundo Martí para a Liberação Nacional (FMLN), que governará El Salvador a partir de 1º de junho, confirmaram que uma equipe integrada por membros do partido e pessoas próximas ao presidente eleito Mauricio Funes está planejando uma reestruturação ministerial, com a possibilidade de criação de novas pastas. Há uma equipe que está estudando a conveniência de unir, suprimir ou criar pastas e esta é uma tarefa complicada por causa do rombo fiscal que vamos enfrentar, informou Orestes Ortez, deputado e membro da comissão política do partido.

[La Prensa Gráfica, Prensa Libre]

Você gostou desta reportagem?

0Rating_no

Incluir seu comentário

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados