Você gostaria de fazer do português o idioma padrão deste site?
2009-11-24

24 de novembro ? Resumo das notícias da América Central e do Caribe

TAMANHO DO TEXTO

CIDADE DO MÉXICO, México ? Cai produção de petróleo: Entre janeiro e outubro, a produção de petróleo bruto registrou queda de 7,42% na comparação ano a ano, segundo informa a Petróleos Mexicanos (Pemex). Apesar de a empresa não ter explicado as causas da queda, ela possivelmente estaria relacionada à baixa no preço internacional do barril, que caiu de US$ 94,6 em 2008 para US$ 54,5 este ano. A diminuição afetou o rendimento das exportações de petróleo, que caíram 49,48% desde o início de 2009, o que representa US$ 20,189 bilhões a menos do que no período de referência em 2008.

[El Universal, La Jornada]

MANÁGUA, Nicarágua ? Autoridades apreendem quase três toneladas de cocaína. As autoridades nicaraguenses apreenderam 2.767 kg de cocaína a 80 km de Porto Cabezas, na costa leste do país. Segundo o chefe da Força Naval da Nicarágua, Róger González, a operação resultou na apreensão de um dos maiores carregamentos já registrados em 2009, cujo valor no mercado é avaliado em US$ 100 milhões. Cinco cidadãos hondurenhos foram presos. A droga era transportada em 127 pacotes carregados em uma lancha que havia partido de Bocas del Toro, na fronteira panamenha com a Colômbia, e se dirigia para Honduras.

[El Nuevo Diario, El Financiero]

TEGUCIGALPA, Honduras ? Investimentos estrangeiros têm previsão de alta: Após um 2009 complexo para o setor das montadoras têxteis, os investimentos estrangeiros para 2010 chegarão a US$ 150 milhões, o que representa um aumento de 500% em comparação aos US$ 430 milhões estimados para este ano. A previsão é do presidente da Associação Hondurenha de Montadoras (AHM), Daniel Facussé, para quem 2009 foi um ano difícil por causa do impacto da crise financeira mundial e política vivida em Honduras. O setor emprega mais de 110 mil pessoas e exporta aproximadamente US$ 2,7 bilhões por ano.

[La Tribuna, Radio América]

CIDADE DA GUATEMALA, Guatemala ? América Central exige ressarcimento por danos ao meio ambiente: Durante a Cúpula das Mudanças Climáticas, a ser realizada em dezembro na cidade de Copenhague, os países centro-americanos solicitarão às nações industrializadas o pagamento de um ressarcimento pelos danos causados pela indústria ao meio ambiente e aos recursos naturais regionais. A exigência foi pactuada pelos ministros centro-americanos de Meio Ambiente e Recursos Naturais, que se reuniram na Comissão Centro-Americana de Ambiente e Desenvolvimento (CCAD) para definir uma compensação de US$ 100 bilhões. A postura é semelhante à adotada por países da América do Sul, como Brasil e Equador.

[DPA, EFE]

Você gostou desta reportagem?

0Rating_no

Incluir seu comentário

Pesquisa
Você considera o crime organizado uma ameaça à estabilidade em seu país?
Ver resultados